Situação atual dos imigrantes venezuelanos será debatida em audiência da Câmara de Boa Vista

por lucas93 — publicado 04/04/2018 13h55, última modificação 04/04/2018 13h55
Evento será nessa quinta-feira, a partir das 9 horas, no plenário Estácio Pereira de Mello. Vereadores e outras autoridades locais discutirão o tema
Situação atual dos imigrantes venezuelanos será debatida em audiência da Câmara de Boa Vista

O evento será no plenário (Patrício Bispo)

A atual situação dos imigrantes venezuelanos em Boa Vista será colocada em debate nessa quinta-feira, 4, em audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Boa Vista. O evento, marcado para 9 horas, no plenário Estácio Pereira de Mello, reunirá vereadores e outras autoridades locais.

Para a discussão, a Casa convidou representantes da Prefeitura de Boa Vista, do Governo de Roraima, de conselhos municipal e estadual, de faculdades e universidades, da Defensoria Pública Estadual (DPE-RR), do Exército Brasileiro, da Polícia Federal (PF) e da Diocese de Roraima.

O chefe regional do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) da Organização das Nações Unidas (ONU), Pablo Matos, também foi convidado.

“A Câmara quer, junto com aqueles que estão executando ações referentes à imigração, formalizar sugestões e propostas para que sejam encaminhadas aos entes federais, porque é a eles que cabe resolver esta situação”, destacou a vereadora Doutora Magnólia.

As sugestões serão reunidas em um relatório assinado pelos 21 vereadores, o qual será enviado aos órgãos competentes em resolver a situação.

“O documento vai ser encaminhado ao Governo Federal, ao Senado e à Câmara Federal, para que eles saibam o que o Município de Boa Vista precisa garantir aos seus munícipes, seja saúde, segurança, tudo aquilo que é nosso direito”, explicou a parlamentar.

Atualmente, Boa Vista tem 40 mil venezuelanos, segundo a Prefeitura, consequência da crise econômica na Venezuela, que se agravou nos últimos três anos, período em que Roraima passou a receber um grande número de estrangeiros. A estimativa é que pelo menos 450 imigrantes entram no Brasil diariamente.