Centenas de moradores do João de Barro participam da sessão itinerante da Câmara de Boa Vista

por lucas93 — publicado 01/11/2017 09h32, última modificação 01/11/2017 09h32
Moradores solicitaram energia e água de qualidade, infraestrutura, segurança pública, escola e posto de saúde para a localidade
Centenas de moradores do João de Barro participam da sessão itinerante da Câmara de Boa Vista

Sessão itinerante da CMBV no João de Barro (Foto: Danielle Silva/Secom CMBV)

Centenas de moradores da ocupação João de Barro, localizada no bairro Cidade Satélite, participaram na noite dessa terça-feira da sexta sessão itinerante realizada pela Câmara Municipal de Boa Vista, em 2017.

O evento reuniu sete vereadores e o mediador de conflitos dos conselhos municipal e estadual das Cidades, Ricardo Mattos, que esclareceu sobre o andamento da regularização da localidade.

Na sessão, os moradores elogiaram a iniciativa da Câmara e aproveitaram para pedir apoio para conseguir energia e água de qualidade, infraestrutura, segurança pública, escola e posto de saúde para a localidade.

“Somos aproximadamente 400 famílias aqui. Já passamos aqui de 15 dias sem água e energia”, relatou Arlindo Viana, de 65 anos, morador do João de Barro desde 2015. “A sessão itinerante é a oportunidade de colocar nossas questões, sensibilizá-los, fazer com que os vereadores sintam o que passamos”, finalizou.

Com as reivindicações, a Casa irá elaborar um relatório, que será encaminhado aos órgãos competentes como a Prefeitura de Boa Vista, Eletrobras e Caer. O documento servirá de base para os vereadores cobrarem as melhorias solicitadas pela população.

Um dos requerentes do evento, o vice-presidente da Câmara, vereador Júlio Medeiros (Podemos), garantiu que a Casa vai “dar as soluções para o problema energético e a todos os problemas” do João de Barro.

“Nós sabemos de vários problemáticas do bairro, mas nós temos o dever e a obrigação de vir in loco, verificar e ouvir o clamor dos moradores”, destacou o presidente da Casa, vereador Mauricélio Fernandes (PMDB), que também solicitou a sessão.

O presidente da associação dos moradores do João de Barro, Ademir Evangelista, ressaltou que a presença dos vereadores é de “suma importância”, para que os problemas da localidade sejam solucionados.

Morador da ocupação há quatro anos, o técnico de segurança do trabalho José Ribamar Moura afirmou que a sessão é um marco para o João de Barro. “A partir daqui, a localidade vai começar a se desenvolver”, disse.

No próximo dia 6, será a vez do bairro Jóquei Clube receber a sessão itinerante da Câmara. E, no dia 9, a Casa realizará o evento na comunidade indígena do Campo Alegre, no baixo São Marcos.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.