Câmara de Boa Vista presta moção de pesar pela morte do jornalista Marcelo Ribeiro

por lucas93 — publicado 18/07/2018 16h00, última modificação 18/07/2018 16h19
O jornalista de 45 anos morreu nessa terça-feira, 17, vítima de um infarto fulminante e deixou três filhos
Câmara de Boa Vista presta moção de pesar pela morte do jornalista Marcelo Ribeiro

Vereadores respeitaram um minuto de silêncio (Danielle Silva)

A Câmara Municipal de Boa Vista aprovou nesta quarta-feira, 18, a sua moção de pesar pela morte do jornalista Marcelo Ribeiro, de 45 anos, ocorrida na última terça-feira, 17. Ele morreu vítima de um infarto fulminante e deixou três filhos.

A moção foi proposta pelo presidente Mauricélio Fernandes (MDB) e aprovada por unanimidade. “A Câmara Municipal de Boa Vista expressa toda a sua tristeza e comoção pela perda desse grande homem”, destacou o vereador, que pediu um minuto de silêncio em respeito ao jornalista.

Marcelo Ribeiro nasceu em 19 de novembro de 1972, em Manaus (AM), onde formou-se em Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Mas foi em Boa Vista onde constituiu sua família e consolidou sua carreira profissional.

O jornalista trabalhou na maioria das emissoras televisivas de Roraima, chegando a ocupar as várias funções, de repórter a diretor de Jornalismo. Mauricélio Fernandes lembrou que Ribeiro “dedicou a sua vida trabalhando em prol da população de Boa Vista, desempenhando suas atividades no ramo da Comunicação, ficando conhecido pelo seu caráter profissional, competência, respeito, dedicação e profissionalismo.”

Até este ano, Ribeiro apresentou um programa radiofônico, mas precisou se licenciar para se lançar pré-candidato a deputado estadual e disputar as eleições de 2018.

“Entristecido pelo acontecimento, oferecemos nossas condolências aos familiares e amigos desta magnífica pessoa que deixou um legado de companheirismo e amor, expressando nosso profundo pesar pelo falecimento”, finalizou Fernandes na moção de pesar.