Câmara de Boa Vista homenageia pastores, bombeiras militares, jornalista e professor

por lucas93 — publicado 03/10/2018 14h51, última modificação 03/10/2018 14h51
O evento de entrega de títulos, diplomas e medalhas foi prestigiado por amigos e familiares dos homenageados e a população
Câmara de Boa Vista homenageia pastores, bombeiras militares, jornalista e professor

Homenageados e vereadores (Danielle Silva)

A Câmara de Boa Vista homenageou nesta quarta-feira, 3, três pastores, duas bombeiras militares, um jornalista e um professor por terem prestado relevantes serviços à sociedade local. O evento de entrega de títulos, diplomas e medalhas foi prestigiado por amigos e familiares dos homenageados e a população.

Os nomes foram indicados por cinco vereadores, que entregaram o Título de Cidadão Boavistense, a Medalha de Honra ao Mérito Rio Branco e o Diploma de Gratidão de Boa Vista.

O pastor Neuton Clarindo Ferreira, presidente da Assembleia de Deus Cristo para Todos, foi indicado pelo vereador Genilson Costa (SD). Nilvan Santos (PSC) homenageou duas bombeiras militares que ajudaram no trabalho de parto de uma passageira durante um voo Boa Vista-Brasília a 35 mil pés de altitude: a tenente Monic Soares Silva e a subtenente Odilene Marques Pinheiro.

A pastora Edna dos Santos Macedo, da Igreja do Evangelho Quadrangular, foi indicada por Pastor Jorge (PSC). O nome do jornalista Fernando Heder Nogueira, que ajudou a implantar a TV Assembleia no Estado, foi recomendado por Renato Queiroz (MDB).

Por fim, o professor Roberto Ramos, ex-reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), e o pastor Milton Carvalho, presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus do Estado de Roraima (Comader), foram indicados pelo vereador Rondinele Tambasa (Podemos).

O presidente da Casa, vereador Mauricélio Fernandes (MDB), parabenizou os homenageados e afirmou que a homenagem é “merecida”.

Nilvan Santos destacou que o vereador, além de fiscalizar, propor leis, indicações e outras melhorias para a cidade, tem o dever de reconhecer quem trabalha pelo Município: “Parabéns aos vereadores por reconhecerem as ações das pessoas, que lá fora fazem o que não estaria ao nosso alcance”.

Para Fernando Heder, o título que recebeu reconhece seus 27 anos de trabalho na Assembleia Legislativa do Estado, sendo um dos servidores mais antigos da Casa. Ele dedicou a honraria à esposa, que morreu neste ano.

Agraciada com o diploma de gratidão, Edna Macedo disse sentir-se “privilegiada, honrada e totalmente agradecida” com a honraria e espera retribuir o reconhecimento à sociedade.

Roberto Ramos, que recebeu a medalha e o título, agradeceu pelas honrarias e dedicou-as aos professores brasileiros. “Me sinto bastante feliz e orgulhoso em receber estas duas homenagens. Estou em Boa Vista desde 1994 e agora posso dizer que sou boavistense legítimo”, disse o professor.

“Cheguei a esta terra com 14 anos de idade. Aqui tive meus filhos, aqui me casei e encontrei nesta terra o que não encontrei em nenhuma outra”, declarou o pastor Milton Carvalho, ao receber a medalha de honra e o título honorário.

Homenageada com a medalha e o título, a tenente Monic agradeceu a quem lhe deu forças para vencer os “obstáculos” e disse ser agora uma “boavistense da Bahia”. A medalha também foi concedida à subtenente Odilene, que agradeceu aos pais por estarem presentes em cada etapa de sua vida.

O pastor Neuton Ferreira, contemplado com a medalha e o título, disse estar “honrado” por ser agora um cidadão boavistense no local em que escolheu para morar há 29 anos. “A honra e a glória sejam dadas ao nosso Deus”, declarou.

AS HONRARIAS

O Título de Cidadão Boavistense, concedido a quem ajuda no desenvolvimento social, torna quem o recebe conterrâneo da cidade, mesmo que não tenha nascido ou resida no Município. O Diploma de Gratidão de Boa Vista é destinado a reconhecer personalidades que prestaram benefícios à capital. Por fim, a Medalha de Honra ao Mérito Rio Branco é destinada a pessoas ilustres e empresários locais com importantes contribuições à comunidade.