Vereadores de Boa Vista fiscalizam obra em avenida do bairro Silvio Botelho

por José Lucas publicado 18/08/2017 15h15, última modificação 18/08/2017 18h01
População reclama que obra dificulta o tráfego de pedestres e veículos, e reduziu o movimento no comércio
Vereadores de Boa Vista fiscalizam obra em avenida do bairro Silvio Botelho

Vereadores Genilson, Genival, Ítalo e Idazio (Foto: Alef Barros/Secom CMBV)

Uma obra no trecho entre a avenida Pedro Aldemar Bantim e a rua N-24, localizadas no bairro Silvio Botelho, tem sido alvo de reclamações de moradores e empresários da região. Eles reclamam que os trabalhos estão dificultando o tráfego de pedestres e veículos, e reduzindo o movimento no comércio.

Nesta sexta-feira, 18, os vereadores Idazio da Perfil (PP), Genival da Enfermagem (PTC) e Genilson Costa (SD), membros da Comissão de Obras da Câmara de Boa Vista, juntamente com Ítalo Otávio (PR), constataram os transtornos que a obra - executada há 15 dias - têm causado naquela localidade, visando resolver a situação.

A autônoma Claudenora Rosa Matias agradeceu aos vereadores por verificarem, no local, a situação, e espera que a situação seja resolvida. “Creio que, com a presença dos vereadores aqui, haverá agilidade para resolver essa situação o mais rápido possível, porque nós precisamos da nossa avenida principal para trafegarmos novamente”, disse.

Proprietário de um supermercado localizado na avenida, o empresário Donizete Alves de Araújo entende que a obra é importante para a população, entretanto, reclama dos transtornos que ela tem causado ao seu comércio.

“Nenhum cliente vai deixar seu carro 500, 400 metros distantes da minha loja, porque eles não têm como chegar aqui. Sem contar que a poeira é grande e não tem um carro pipa para passar aqui, aguando a rua para diminuí-la, e muitas pessoas já estão doentes na região”, destacou.

Durante a visita, o vereador Idazio da Perfil, presidente da Comissão de Obras, Urbanização, Transportes, Habitação e Serviços Públicos, ligou para o órgão responsável pela obra, e logo obteve a resposta.

“Conversamos com o secretário adjunto e, junto com o povo da rua e os comerciantes, fizemos uma solicitação na qual o secretário disse que vai ser atendida nesse final de semana. Entendemos que a obra é de extrema importância para a comunidade, mas ela tem que atender aos seus critérios, deixando os acessos das pessoas ao comércio e às ruas”, declarou.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.