Moradores do João de Barro procuram a Câmara de Boa Vista para resolver problemas do loteamento

por José Lucas publicado 09/10/2017 14h50, última modificação 10/10/2017 09h38
Fornecimento de energia foi o principal problema relatado durante a reunião realizada nesta segunda-feira, no plenarinho da Casa
Moradores do João de Barro procuram a Câmara de Boa Vista para resolver problemas do loteamento

Moradores e vereadores se reuniram no plenarinho (Foto: Danielle Silva/Secom CMBV)

Um grupo de moradores do loteamento João de Barro, localizado no bairro Cidade Satélite, procuraram a Câmara de Boa Vista, nesta segunda-feira, 9, para resolver problemas inerentes ao fornecimento de energia e água na localidade.

Os vereadores Mauricélio Fernandes (PMDB), presidente da Casa, Rômulo Amorim (PTC), primeiro-secretário, Albuquerque (PC do B), segundo-secretário, Ítalo Otávio (PR), Pastor Jorge (PSC) e Tayla Peres (PRTB) receberam os moradores no plenarinho.

O fornecimento de energia foi o maior problema relatado na reunião. Segundo o grupo, uma associação responsável por repassar os valores das contas de energia dos moradores à Eletrobras, não cumpriu sua obrigação.

Sendo assim, os moradores do loteamento acumulam uma dívida de quase R$ 200 mil com a empresa fornecedora de energia, e, consequentemente, estão com o serviço suspenso, tendo que recorrer às ligações clandestinas, conhecidas como “gatos”.

Na reunião desta segunda-feira, a comissão de moradores propôs renegociar a dívida com a Eletrobras, e processar judicialmente a associação do João de Barro, por não repassar o dinheiro pago para garantir o serviço de energia no loteamento.

“Eu confio na Câmara, no andamento da resolução desses problemas, por olharem o nosso lado, o dos moradores, pois estamos reivindicando o nosso direito como cidadãos”, disse o morador Augusto Ferreira de Santana.

Para o vereador Pastor Jorge “é motivo de alegria” receber a população na Câmara, pois “a gente recebe os líderes das comunidades, e eles saem daqui felizes, sabendo que nós vamos fazer de tudo para resolver os problemas”.

Ao receber os moradores do João de Barro e anotar as solicitações, o presidente Mauricélio Fernandes afirmou que os vereadores que participaram da reunião irão formar uma comissão, para representar a Câmara nas empresas de fornecimento de água e energia.

“Convoquei a procuradoria da Câmara e formamos uma comissão de vereadores, para representá-los junto à Eletrobras. Mediante a reunião que teremos com a Eletrobras, nós esperamos resolver e solucionar esse problema de uma vez por todas”, declarou Fernandes.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.