Aprovado projeto de Aline Rezende e Rômulo Amorim torna entidade maçônica de Roraima de utilidade pública

por José Lucas publicado 23/06/2017 12h05, última modificação 23/06/2017 15h04
O Goerr é uma instituição que visa o progresso e o desenvolvimento da maçonaria
Aprovado projeto de Aline Rezende e Rômulo Amorim torna entidade maçônica de Roraima de utilidade pública

Vereadora Aline Rezende (Foto: Alef Barros/Secom CMBV)

Em segunda e última discussão, a Câmara de Boa Vista aprovou na última quarta-feira, 21, o projeto de lei 053/2017, dos vereadores Aline Rezende (PRTB) e Rômulo Amorim (PTC), que torna de utilidade pública, a nível municipal, o Grande Oriente Estadual de Roraima (Goerr).

Aprovado por 14 votos favoráveis, a proposição segue para a sanção ou veto da prefeita Teresa Surita (PMDB).

O Goerr é uma instituição que visa o progresso e o desenvolvimento da maçonaria. Sem fins lucrativos, a entidade será de utilidade pública por prestar relevantes serviços sociais e filantrópicos à sociedade roraimense.

Entre os autores do projeto, Aline Rezende explicou que, caso seja sancionada a lei, o Goerr receberá “um apoio maior das autoridades políticas do nosso Estado”, o que, consequentemente, ajudará a instituição a continuar “fazendo esse trabalho em prol da sociedade mais carente”.

“Quero dizer parabenizar os irmãos maçons por esse bonito trabalho em prol da sociedade mais carente do nosso Estado”, declarou Rezende.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.